25 FURKAN

  • 25:1

    Bendito seja Aquele que revelou o Discernimento ao Seu servo - para que fosse um admoestador da humanidade -,

  • 25:2

    O Qual possui o reino dos céus e da terra. Não teve filho algum, nem tampouco teve parceiro algum no reinado. E crioutodas as coisas, e deu-lhes a devida proporção.

  • 25:3

    Não obstante, eles adoram, em vez d'Ele, divindades que nada podem criar, posto que elas mesmas foram criadas. E nãopodem prejudicar nem beneficiar a si mesmas, e não dispõem da morte, nem da vida, nem da ressurreição.

  • 25:4

    Os incrédulos dizem: Este (Alcorão) não é mais do que uma calúnia que ele (Mohammad) forjou, ajudado por outroshomens! Porém, com isso, proferem uma iniqüidade e uma falsidade.

  • 25:5

    E afirmam: São fábulas dos primitivos que ele mandou escrever. São ditadas a ele, de manhã e à tarde!

  • 25:6

    Dize-lhes: Revelou-mo Quem conhece o mistério dos céus e da terra, porque é Indulgente, Misericordiosíssimo.

  • 25:7

    E dizem: Que espécie de Mensageiro é este que come as mesmas comidas e anda pelas ruas? Por que não lhe foi enviadoum anjo, para que fosse, junto a ele, admoestador?

  • 25:8

    Ou por que não lhe foi enviado um tesouro? Ou por que não possui um vergel do qual desfrute? Os iníquos dizem ainda: Não seguis senão um homem enfeitiçado!

  • 25:9

    Olha com o que te comparam! Porém, assim se desviam, e nunca encontrarão senda alguma.

  • 25:10

    Bendito seja Quem, se Lhe aprouver, pode conceder-te algo melhor do que isso, (tais como): jardins, abaixo dos quaiscorrem os rios, bem como palácios.

  • 25:11

    Qual! Negam o advento da Hora! Temos destinado o tártaro para aqueles que negam a Hora:

  • 25:12

    Quando este (o tártaro), de um lugar longínquo, os avistar, eles lhe ouvirão o ribombar e a crepitação.

  • 25:13

    E quando, acorrentados, forem arrojados nele, em um local exíguo, suplicarão então pela destruição!

  • 25:14

    Não clameis, hoje, por uma só destruição; clamai, outrossim, por muitas destruições!

  • 25:15

    Pergunta-lhes: Que é preferível: isto, ou o Jardim da Eternidade que tem sido prometido aos devotos como recompensa edestino,

  • 25:16

    De onde obterão tudo quanto anelarem, e em que morarão eternamente, porque é uma promessa inexorável do teuSenhor?

  • 25:17

    No dia em que Ele os congregar, com tudo quanto adoram em vez de Deus, Ele dirá: Fostes vós, acaso, aqueles queextraviaram estes Meus servos ou foram eles que se extraviaram?

  • 25:18

    Responderão: Glorificado sejas! Não nos era dado adotar outros protetores em vez de Ti! Porém, agraciaste-os (combens terrenos), bem como seus pais, até que se esqueceram da Mensagem e foram desventurados.

  • 25:19

    (Deus dirá aos idólatras): Eis que as vossas divindades vos desmentem, no que afirmastes, não podereis esquivar-vos docastigo, nem socorrer-vos. A quem, dentre vós, tiver sido iníquo, infligiremos um severo castigo.

  • 25:20

    Antes de ti jamais enviamos mensageiros que não comessem os mesmo alimentos e caminhassem pelas ruas, e fizemosalguns, dentre vós, tentarem os outros. Acaso (ó fiéis), sereis perseverantes? Eis que o teu Senhor é Onividente.

  • 25:21

    Aqueles que não esperam o comparecimento ante Nós, dizem: Por que não nos são enviados os anjos, ou não vemosnosso Senhor? Na verdade, eles se ensoberbeceram e excederam em muito!

  • 25:22

    No dia me que virem os anjos, nada haverá de alvissareiro para os pecadores, e (aqueles) lhe dirão: É uma barreiraintransponível.

  • 25:23

    Então, Nos disporemos a aquilatar as suas ações, e as reduziremos a moléculas de pó dispersas.

  • 25:24

    Nesse dia, os diletos do Paraíso estarão abrigados, no mais digno e prazeroso lugar de repouso.

  • 25:25

    Será o dia em que o céu se fenderá com os cirros, e os anjos serão enviados, em longa e esplendorosa fila.

  • 25:26

    Nesse dia, a verdadeira soberania será do Clemente, e será um dia aziago para os incrédulos.

  • 25:27

    Será o dia em que o iníquo morderá as mãos e dirá: Oxalá tivesse seguido a senda do Mensageiro!

  • 25:28

    Ai e mim! Oxalá não tivesse tomado fulano por amigo,

  • 25:29

    Porque me desviou da Mensagem, depois de ela me ter chegado. Ah! Satanás mostra-se aviltante para com os homens!

  • 25:30

    E o Mensageiro dirá: Ó Senhor meu, em verdade o meu povo tem negligenciado este Alcorão!

  • 25:31

    Assim destinamos a casa profeta um adversário entre os pecadores; porém, baste teu Senhor por Guia e Socorredor.

  • 25:32

    Os incrédulos dizem: Por que não lhe foi revelado o Alcorão de uma só vez? (Saibam que) assim procedemos parafirmar com ele o teu coração, e to ditamos em versículos, paulatinamente.

  • 25:33

    Sempre que te fizerem alguma refutação, comunicar-te-emos a verdade irrefutável e, dela, a melhor explanação.

  • 25:34

    Aqueles que forem congregados, de bruços, ante o inferno, encontrar-se-ão em pior posição, e ainda maisdesencaminhados.

  • 25:35

    Havíamos concedido o Livro a Moisés e, como ele, designamos como vizir seu irmão, Aarão.

  • 25:36

    E lhe dissemos: Ide ao povo que desmentiu os Nossos Sinais. E os destruímos completamente.

  • 25:37

    E afogamos o povo de Noé quando desmentiu os mensageiros, e fizemos dele um sinal para os humanos; e destinamos umdoloroso castigo aos iníquos.

  • 25:38

    E (exterminamos) os povos de Ad, de Tamud, e os habitantes de Arras e, entre eles, muitas gerações.

  • 25:39

    A cada qual narramos parábolas e exemplificamos, e a casa um aniquilamos por completo, devido (aos seus pecados).

  • 25:40

    (Os incrédulos) têm passado, freqüentemente, pela cidade, sobre a qual foi desencadeada a chuva nefasta. Não tem visto, acaso? Sim; porém, não temem a ressurreição.

  • 25:41

    E quando te vêem, escarnecem-te, dizendo: É este Deus que enviou por Mensageiro?

  • 25:42

    Ele esteve a ponto de desviar-nos dos nossos deuses, e assim aconteceria, se não tivéssemos sido constantes com eles! Porém, logo saberão, quando virem o castigo, mormente quem estiver mais desencaminhado!

  • 25:43

    Não tens reparado em quem toma por divindade os seus desejos? Ousarias advogar por ele?

  • 25:44

    Ou pensas que a maioria deles ouve ou compreende? Qual! São como o gado; qual, são mais irracionais ainda!

  • 25:45

    Não tens reparado em como o teu Senhor projeta a sombra? Se Ele quisesse, fá-la-ia estável! Entretanto, fizemos do solo seu regente.

  • 25:46

    Logo a recolhemos até Nós, paulatinamente.

  • 25:47

    Ele foi Quem vos fez a noite por manto, o dormir por repouso, e fez o dia como ressurreição.

  • 25:48

    Ele é Quem envia os ventos alvissareiros, mercê da Sua misericórdia; e enviamos do céu água pura,

  • 25:49

    Para com ela reviver uma terra árida, e com ela saciar tudo quanto temos criado: animais e humanos.

  • 25:50

    Em verdade, distribuímo-la (a água) entre eles, para que (de Nós) recordem-se; porém, a maioria dos humanos o nega (iniquamente).

  • 25:51

    E se quiséssemos, teríamos enviado um admoestador a cada cidade.

  • 25:52

    Não dês ouvido aos incrédulos; mas combate-os com denoda, com este (o Alcorão).

  • 25:53

    Ele foi Quem estabeleceu as duas massas de água; uma é doce e saborosa, e a outra é salgada e amarga, e estabeleceuentre amas uma linha divisória e uma barreira intransponível.

  • 25:54

    Ele foi Quem criou os humanos da água, aproximando-os, através da linhagem e do casamento; em verdade, o teu Senhoré Onipotente.

  • 25:55

    Não obstante, adoram, em vez de Deus, o que não pode beneficiá-los, nem prejudicá-los, sendo que o incrédulo épartidário (de Satanás) contra o seu Senhor.

  • 25:56

    E não te enviamos, senão como alvissareiro e admoestador.

  • 25:57

    Dize-lhes: Não vos exijo, por isso, recompensa alguma, além de pedir, a quem quiser encaminhar-se até a senda do seuSenhor, que o faça.

  • 25:58

    E encomenda-te ao Vidente, Imortal, e celebra os Seus louvores; e basta Ele como Sabedor dos pecados dos Seusservos.

  • 25:59

    Foi ele Quem criou, em seis dias, os céus e a terra, e tudo quanto existe entre ambos; então assumiu o Trono. OClemente! Interroga, pois, acerca disso, algum entendido (no assunto).

  • 25:60

    E quando lhes é dito: Prostrai-vos ante o Clemente!, dizem: E quem é o Clemente? Temos de nos prostrar ante quem nosmandas? E isso lhes agrava a aversão.

  • 25:61

    Bendito seja Quem colocou constelações no firmamento e pôs, nele, uma lâmpada em uma lua refletidora.

  • 25:62

    E foi Ele Quem fez a noite suceder ao dia, para quem recordar ou demonstrar gratidão.

  • 25:63

    E os servos do Clemente são aqueles que andam pacificamente pela terra e, e quando os insipientes lhes falam, dizem: Paz!

  • 25:64

    São aqueles que passam a noite adorando o seu Senhor, quer estejam prostrados ou em pé.

  • 25:65

    São aqueles que dizem: Ó Senho nosso, afasta de nós o suplício do inferno, porque o seu tormento é angustiante.

  • 25:66

    Que péssima estancia e o lugar de repouso!

  • 25:67

    São aqueles que, quando gastam, não se excedem nem mesquinham, colocando-se no meio-termo

  • 25:68

    (Igualmente o são) aqueles que não invocam, com Deus, outra divindade, nem matam nenhum ser que Deus proibiu matar, senão legitimamente, nem fornicam; (pois sabem que) quem assim proceder, receberão a sua punição:

  • 25:69

    No Dia da Ressurreição ser-lhes-á duplicado o castigo; então, aviltados, se eternizarão (nesse estado).

  • 25:70

    Salvo aqueles que se arrependerem, crerem e praticarem o bem; a estes, Deus computará as más ações como boas, porque Deus é Indulgente, Misericordiosíssimo.

  • 25:71

    Quanto àquele que se arrepender e praticar o bem, converter-se-á a Deus sinceramente.

  • 25:72

    Aqueles que não perjurarem e, quando se depararem com vaidades, delas se afastarem com honra,

  • 25:73

    Aqueles que, quando lhes forem recordados os versículos do seu Senhor, não os ignorarem, como se fossem surdos oucegos,

  • 25:74

    E aqueles que disserem: Ó Senhor nosso, faze com que as nossas esposas e a nossa prole sejam o nosso consolo, edesigna-nos imames dos devotos,

  • 25:75

    Tais serão recompensados, por sua perseverança, com o empíreo, onde serão recebidos com saudação e paz,

  • 25:76

    E onde permanecerão eternamente. Que magnífica estancia e o lugar de repouso!

  • 25:77

    Dize (àqueles que rejeitam): Meu Senhor não Se importará convosco, se não O invocardes. Mas desmentistes (averdade), e por isso haverá um (castigo) inevitável.

Paylaş
Tweet'le