56 VAKIA

  • 56:1

    Quando acontecer o evento inevitável,

  • 56:2

    -Ninguém poderá negar o seu advento -,

  • 56:3

    Degradante (para uns) e exultante (para outros).

  • 56:4

    Quando a terra for sacudida violentamente,

  • 56:5

    E as montanhas forem desintegradas em átomos,

  • 56:6

    Convertidas em corpúsculos dispersos,

  • 56:7

    Então, sereis divididos em três grupos.

  • 56:8

    O dos que estiverem à direita - E quem são os que estarão à direita?

  • 56:9

    O dos que estiverem à esquerda - E quem são os que estarão à esquerda?

  • 56:10

    E o dos primeiros (crentes) - E quem são os primeiros (crentes)?

  • 56:11

    Estes serão os mais próximos de Deus,

  • 56:12

    Nos jardins do prazer.

  • 56:13

    (Haverá) uma multidão, pertencente ao primeiro grupo.

  • 56:14

    E poucos, pertencentes ao último.

  • 56:15

    Estarão sobre leitos incrustados (com ouro e pedras preciosas),

  • 56:16

    Reclinados neles, frente a frente,

  • 56:17

    Onde lhes servirão jovens (de frescores) imortais.

  • 56:18

    Com taças, jarras, e ânforas, cheias de néctares (provindos dos mananciais celestes),

  • 56:19

    Que não lhes provocará hemicrania, nem intoxicação.

  • 56:20

    E (também lhes servirão) as frutas de sua predileção,

  • 56:21

    E carne das aves que lhes apetecerem.

  • 56:22

    Em companhia de huris, de cândidos olhares,

  • 56:23

    Semelhantes a pérolas bem guardadas.

  • 56:24

    Em recompensa por tudo quanto houverem feito.

  • 56:25

    Não ouvirão, ali, frivolidades, nem (haverá) qualquer pestilência,

  • 56:26

    A não ser as palavras: Paz! Paz!

  • 56:27

    E o (grupo) dos que estiverem à direita - E quem são os que estarão à direita?

  • 56:28

    Passeará entre lotos (com frutos) sobrepostos,

  • 56:29

    E pomares, com árvores frutíferas entrelaçadas,

  • 56:30

    E extensa sombra,

  • 56:31

    E água manante,

  • 56:32

    E frutas abundantes,

  • 56:33

    Inesgotáveis, que jamais (lhes) serão proibidas.

  • 56:34

    E estarão sobre leitos elevados.

  • 56:35

    Sabei que criamos, para eles, uma (nova) espécie de criaturas.

  • 56:36

    E as fizemos virgens.

  • 56:37

    Amantíssimas, da mesma idade.

  • 56:38

    Para os que estiverem à direita.

  • 56:39

    (Estes) são uma multidão, pertence ao primeiro grupo.

  • 56:40

    E outra, pertencente ao último.

  • 56:41

    E os que estiverem à esquerda - E quem são os que estarão à esquerda?

  • 56:42

    Estarão no meio de ventos abrasadores e na água fervente.

  • 56:43

    E nas trevas da negra fumaça,

  • 56:44

    Sem nada, para refrescar, nem para aprazar.

  • 56:45

    Porque, antes disso, estava na luxúria,

  • 56:46

    E persistiram, em seu supremo pecado.

  • 56:47

    E diziam: Acaso, quando morrermos e formos reduzidos a pó e ossos, seremos ressuscitados,

  • 56:48

    Ou (o serão) nossos antepassados?

  • 56:49

    Dize-lhes: Em verdade, os primeiros e os últimos.

  • 56:50

    Serão congregados, para o encontro de um dia conhecido.

  • 56:51

    Logo, sereis vós, ó desviados, desmentidores,

  • 56:52

    Sem dúvida que comereis do fruto do zacum.

  • 56:53

    Do qual fartareis os vossos estômagos,

  • 56:54

    E, por cima, bebereis água fervente.

  • 56:55

    Bebê-la-eis com a sofreguidão dos sedentos.

  • 56:56

    Tal será a sua hospedagem, no Dia do Juízo!

  • 56:57

    Nós vos criamos. Por que, pois, não credes (na Ressurreição)?

  • 56:58

    Haveis reparado, acaso, no que ejaculais?

  • 56:59

    Por acaso, criais vós isso, ou somos Nós o Criador?

  • 56:60

    Nós vos decretamos a morte, e jamais seremos impedidos,

  • 56:61

    De substituir-vos por seres semelhantes, ou transformar-vos no que ignorais.

  • 56:62

    E, na verdade, conheceis a primeira criação. Por que, então, não meditais?

  • 56:63

    Haveis reparado, acaso, no que semeais?

  • 56:64

    Porventura, sois vós os que fazeis germinar, ou somos Nós o Germinador?

  • 56:65

    Se quiséssemos, converteríamos aquilo em feno e, então, não cessaríeis de vos assombrar,

  • 56:66

    (Dizendo): Em verdade, estamos em débito,

  • 56:67

    Estamos, em verdade, privados (de colher os nossos frutos)!

  • 56:68

    Haveis reparado, acaso, na água que bebeis?

  • 56:69

    Sois vós, ou somente somos Nós Quem a faz descer das nuvens?

  • 56:70

    Se quiséssemos, fá-la-íamos salobra. Por que, pois, não agradeceis?

  • 56:71

    Haveis reparado, acaso, no fogo que ateais?

  • 56:72

    Fostes vós que criastes a árvore, ou fomos Nós o Criador?

  • 56:73

    Nós fizemos disso um portento e conforto para os nômades.

  • 56:74

    Glorifica, pois, o nome do teu Supremo Senhor!

  • 56:75

    Juro, portanto, pela posição dos astros,

  • 56:76

    Porque é um magnífico juramento - se soubésseis!

  • 56:77

    Este é um Alcorão honorabilíssimo,

  • 56:78

    Num Livro bem guardado,

  • 56:79

    Que não tocam, senão os purificados!

  • 56:80

    É uma revelação do Senhor do Universo.

  • 56:81

    - Porventura, desdenhais esta Mensagem?

  • 56:82

    E fizestes disso o vosso sustento, para que o pudésseis desmentir?

  • 56:83

    Por que, então, (não intervis), quando (a alma de um moribundo) alcança a garganta?

  • 56:84

    E ficais, nesse instante, a olhá-lo.

  • 56:85

    - E Nós, ainda que não Nos vejais, estamos mais perto dele do que vós -

  • 56:86

    Por que, então, se pensais que em nada dependeis de Nós,

  • 56:87

    Não lhe devolveis (a alma), se estais certos?

  • 56:88

    Porém, se ele for um dos achegados (a Deus),

  • 56:89

    (Terá) descanso, satisfação e um Jardim de Prazer,

  • 56:90

    Ainda, se for um dos que estão à direita,

  • 56:91

    (Ser-lhe-á dito): Que a paz esteja contigo, da parte dos que estão à direita!

  • 56:92

    Por outra, se for um dos desmentidores, extraviados,

  • 56:93

    Então terá hospedagem na água fervente,

  • 56:94

    E entrada na fogueira infernal.

  • 56:95

    Sabei que esta é a verdade autêntica.

  • 56:96

    Glorifica, pois, o nome do teu Supremo Senhor!

Paylaş
Tweet'le